13
jul

Dicas de compra de carne bovina

Postado por: spitzner

Quantas vezes não nos perguntamos se é melhor comprar carne resfriada ou congelada? Podemos comprar tanto carne resfriada como congelada, de acordo com o que pretendemos fazer.

O processo de congelamento da carne e dos alimentos, de uma forma geral, visa a um aumento da vida √ļtil do produto. Aqui existe uma regra que vale sempre: o alimento deve ser congelado rapidamente e descongelado vagarosamente. Estes procedimentos garantem menores altera√ß√Ķes de textura e sucul√™ncia nos alimentos, isto √©, ap√≥s o descongelamento o alimento ter√° as mesmas caracter√≠sticas. Portanto, se estamos comprando carne para congelar e estocar por algumas semanas, devemos optar pela compra da carne j√° congelada, uma vez que as ind√ļstrias possuem equipamentos mais potentes que proporcionam o congelamento do produto mais r√°pido que os freezers dom√©sticos. Al√©m disso, esta atitude representa economia de energia! J√° o descongelamento do produto deve ser feito na v√©spera do preparo, com a coloca√ß√£o do alimento congelado em um recipiente na geladeira.

Lembramos ainda que a carne, assim como outros alimentos perec√≠veis que necessitam de armazenamento resfriado/congelado, devem ser os √ļltimos itens a serem colocados no carrinho de supermercado durante a sua compra, assegurando que o produto ficar√° o menor tempo poss√≠vel em temperatura inadequada. Ao t√©rmino de suas compras √© importante lev√°-las logo para casa, evitando deix√°-las no porta-malas do carro, onde bons produtos podem estragar devido a alta temperatura do local.

Agora que estamos com o produto em casa, já devidamente acondicionado na geladeira ou no freezer, vamos passar à etapa de preparação, com mais algumas dicas. Muitas vezes nos vemos frente à missão de preparar carne bovina, de aves e mais uma salada, um vinagrete ou ainda umas batatas assadas ao mesmo tempo, principalmente em dia de churrasco. Por mais que tenhamos vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, cada alimento deve ser manipulado individualmente, ou seja, sem contato com o outro. Devemos usar a tábua de alimentos primeiro para cortar carne bovina, por exemplo, lavá-la para depois cortar aves e vice versa. Cuidado especial deve ser dado aos alimentos que vão ser consumidos frescos, como no caso do vinagrete. Depois de cortar carne e/ou frango devemos escaldar a tábua antes de cortar o tomate e a cebola, procedimento que evita contaminação dos alimentos.

E por falar em tábua de cortar alimentos, vale lembrar que é importante evitar o uso das tábuas de madeira, assim como de outros objetos de madeira, substituindo-os por materiais como plástico ou pedra.

Por fim, para garantir uma carne macia no seu dia a dia, lembre-se de cort√°-la no sentido contr√°rio √†s fibras. Muitas pessoas j√° escutaram esta dica, mas n√£o sabem bem como fazer isto. √Č simples, basta manter a l√Ęmina da faca em um √Ęngulo de 90 graus (sentido transversal) com as fibras da carne. Com este procedimento garantimos que a faca faz o trabalho mais dif√≠cil (o de cortar as fibras) e o dente o trabalho mais f√°cil (apenas de separar as fibras). A t√≠tulo de esclarecimento, aquilo que chamamos de fibra da carne √© na verdade um feixe ou fasc√≠culo de c√©lulas musculares.

Deixe seu comentário:

Churrasco na Medida

Conheça nossos parceiros

Entre em Contato

Política de Privacidade

Frigorífico Spitzner Desenvolvido por Xthor Soluções Tecnológicas